Como investir no mercado americano de ações? Conheça e invista no maior mercado do mundo

15 minutos para ler

Aplicar o seu dinheiro nas bolsas americanas pode ser uma opção a se considerar se você busca por liquidez e diversificação de seu portfólio.. O histórico do dólar com tendência de alta e o mercado consolidado dos Estados Unidos fazem com que o maior mercado do mundo seja um possibilidade a ser considerada . No entanto, é normal haver dúvidas sobre como investir em ações.

Afinal, cada país funciona de maneira diferente, e as possibilidades existentes no Brasil são um pouco distintas das oferecidas nos Estados Unidos. Nenhuma delas está errada. As diferenças são normais e fazem parte do processo. Ainda assim, se você quer se tornar um investidor global, precisa conhecer as particularidades.

Por isso, criamos este post. Aqui, você verá:

  • o que é o mercado de ações americano;
  • porque investir em ações nos Estados Unidos;
  • como investir na bolsa americana;
  • o que é Market Cap da ação;
  • quais são os tipos de ordens no mercado de ações;
  • quais cuidados tomar ao investir em ações;
  • quais são os tipos de ações para investir;
  • qual é o momento ideal para investir em ações.

Acompanhe e boa leitura!

O que é o mercado de ações americano?

O mercado de ações é um ambiente de negociação público, em que partes de ativos das empresas são negociadas nas bolsas de valores. O pregão funciona de forma eletrônica nos Estados Unidos, o que facilita comprar e vender títulos de qualquer lugar do mundo.

As negociações abrangem uma série de empresas de capital aberto. Elas comercializam as suas ações com o objetivo de obter recursos para aumentar a sua liquidez e fazer investimentos em projetos, inclusive de expansão das atividades.

No caso do mercado de ações americano, a diferença é a negociação de algumas das maiores e mais consolidadas companhias do mundo. Entre elas, estão:

  • Google;
  • Coca-Cola;
  • Microsoft;
  • AB-Inbev;
  • Walmart;
  • Amazon;
  • Apple.

As duas principais bolsas de valores dos Estados Unidos são a New York Stock Exchange (NYSE) e a NASDAQ. Elas também são as duas maiores do mundo, respectivamente. Para ter uma ideia, somente no dia 29 de abril de 2020, o total negociado em espécie na segunda ultrapassou U$ 203 bilhões de dólares.

A NYSE é considerada a maior do mundo e é a mais antiga dos Estados Unidos. Foi criada em 1817, em Wall Street. É mais voltada para a negociação de companhias e indústrias mais tradicionais do mercado. Ainda assim, conta com algumas mais novas e, até mesmo, com grandes empresas de tecnologia.

Por sua vez, a NASDAQ surgiu em 1971 e foi a primeira a implementar o pregão eletrônico — na época, por telefone; agora, pela internet. Sua principal característica é contar com mais ativos de empresas de tecnologia.

Qualquer que seja a bolsa de valores escolhida, ambas são alternativas para formar e consolidar o seu patrimônio. Conhecer as bolsas de valores é o primeiro ponto para entender como investir em ações.

Por que investir em ações nos EUA?

Existem vários motivos para considerar investir nas ações dos Estados Unidos. Seja em empresas tradicionais ou em companhias de tecnologia, um dos principais aspectos é a diversificação geográfica.

Investir em vários ativos e colocar o seu dinheiro em ações das bolsas americanas pode ser uma forma de reduzir os riscos da sua carteira por meio da diversificação, já que o histórico da economia americana é positivo e, por consequência, o dos papéis negociados na NYSE ou na NASDAQ também. Lembre-se que a diversificação não garante lucro ou garantia contra perdas.

Outros fatores positivos a serem considerados são os que apresentamos a seguir. Confira!

Possibilidade de investir pouco dinheiro

Acreditar que para investir em ações americanas precisa de muito dinheiro é um mito. Você pode iniciar a internacionalização das suas aplicações financeiras com qualquer montante, caso possua conta na Avenue. Isso pode ser feito por meio das ações fracionadas, que basicamente são frações de uma ação inteira.

Investimento em um mercado consolidado

Investir nos Estados Unidos é participar do maior mercado do mundo. Ele é cerca de cinco vezes maior do que o chinês e 33 vezes maior do que o brasileiro. O país também é responsável por quase metade do valor de mercado de todos os ativos do planeta.

Apenas para comparação, o total do mercado europeu é de cerca de 12 trilhões de dólares. Isso representa apenas 40% do montante do americano. Em relação ao Brasil, a B3 tem cerca 600 ativos listados, enquanto a NYSE e a NASDAQ têm, aproximadamente, 6.100 ativos.

Mais do que isso, a participação de pessoas físicas na bolsa brasileira é de 1,945 milhão. Essa quantidade representa somente 0,93% da população. Por sua vez, nos Estados Unidos, esse número chega a 55% da população adulta.

Diversidade de empresas

Aplicar o seu dinheiro na bolsa americana permite diversificar ainda mais, já que existem cerca de dez vezes mais empresas do que no Brasil, como vimos. Além disso, o mercado é altamente regulado, o que traz mais transparência para as transações.

Equilíbrio global dos ganhos

Manter os seus ganhos em alta é importante para preservar o seu patrimônio. O motivo é simples: se houver uma queda no mercado brasileiro e você também investir nos Estados Unidos – uma estratégia que coloca seus ovos em muitas cestas – você tende a estar melhor posicionado. Assim, os impactos de decisões econômicas e políticas é potencialmente menor.

Investimento em uma corretora segura

Saber como investir em ações é mais fácil do que você pensa. Com uma corretora americana, como a Avenue, você tem atendimento em português e câmbio integrado e rápido. Além disso, ela é membro de diferentes entidades:

  • Securities and Exchange Comission (SEC);
  • Financial Industry Regulatory Authority (FINRA);
  • Securities Investor Protection Corporation (SIPC);

Somes a isso o fato de que a Avenue Securities fechou um acordo para poder captar clientes no Brasil dentro da regulação da CVM.*

*Avenue Securities LLC firmou um contrato com a Vitreo Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários SA (“Vitreo”), uma distribuidora de valores mobiliários brasileira devidamente autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela CVM, pela qual a Vitreo disponibiliza a oferta de Serviços da Avenue Securities LLC a investidores residentes, domiciliados ou incorporados na República Federativa do Brasil, conforme Parecer Orientador da CVM n. 33/2005 (Parecer de Orientação da CVM nº 33, de 09.9.2005).

Como investir em ações na bolsa americana?

Para conhecer a melhor forma de aplicar o seu dinheiro na NYSE ou na NASDAQ, é preciso entender as etapas que fazem parte do processo. Elas são semelhantes ao que acontece com qualquer investimento no Brasil. No entanto, existem algumas particularidades, por se referirem ao mercado americano. Veja!

Abra a sua conta em uma corretora americana

Com o objetivo de investir em ações nos Estados Unidos, é necessário ter uma conta em uma corretora do país que seja confiável. Muita gente acha que esse processo é burocrático. No entanto, com a Avenue ele é simples e prático. Abra sua conta de maneira 100% digital e comece a investir utilizando nosso sistema de envio de remessas via TED e câmbio integrado em nossa plataforma.

Basta acessar o site e clicar em “Abra sua conta”. Em seguida, insira as suas informações pessoais e receba o código. Insira o número no campo indicado e finalize o processo, conforme as instruções apresentadas.

Reúna os documentos necessários

Você precisará confirmar as suas informações. Geralmente, os documentos solicitados são:

  • RG – documento emitido há menos de 20 anos – ou CNH;
  • Comprovante de residência, podendo ser em nome de pais e cônjuge;
  • É preciso ser maior de 18 anos para abrir uma conta.

Na Avenue, o formulário W-8 Ben é preenchido automaticamente com suas informações de cadastro. Ele é uma declaração para não residentes que isenta o pagamento do Imposto de Renda no exterior sobre o ganho de capital. Assim, a tributação é feita no Brasil.

Conheça os custos

No que se refere aos custos, não existe cobrança de manutenção da conta na Avenue. É cobrada a taxa de corretagem, que segue os parâmetros:

  • 1 dólar por ordem em operações de até 100 dólares;
  • 1,50 dólar por ordem em operações de 101 dólares a 1.000 dólares;
  • 4,30 dólares por ordem em operações de 1.001 a 2.000 dólares;
  • 8,60 dólares por ordem acima de 2.000 dólares.

Além disso, há uma tarifa única de 2 dólares na primeira remessa para a conta de investimentos devido ao formulário W-8 Ben exigido pelas autoridades tributárias dos Estados Unidos.

A cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nas operações de câmbio é de 0,38%.

Confira nossos custos completos aqui.

Envie dinheiro para a conta dos Estados Unidos

Na Avenue, basta fazer uma TED e seu dinheiro cairá em sua conta de forma automática. O câmbio pode ser feito diretamente na plataforma de forma prática e rápida.

Comece a investir em ações

Por último, use o home broker para realizar as suas operações. A Avenue oferece uma série de materiais informativos a seus clientes, o que ajuda nas suas decisões. Também há um time de Client Relations que tira as dúvidas operacionais que você pode ter antes de executar as transações financeiras.

O que é Market Cap da ação?

Também conhecida como Market Capitalization, representa o total do valor de mercado em dólares referente a uma das companhias listadas na NYSE ou na NASDAQ. Seu cálculo é realizado pela multiplicação do preço unitário das ações de uma empresa específica pelo total de ativos em circulação.

O resultado é um número que sinaliza o potencial monetário futuro e as condições econômicas de uma organização. Por exemplo: se forem negociadas 10 milhões de ações por 50 dólares, o market cap é de 500 milhões de dólares.

Por suas características, esse índice mostra como a empresa está em relação aos interesses dos investidores, especialmente no que se refere ao risco. A partir dessa informação, é possível diversificar a carteira e determinar quais companhias possuem características de risco/retorno e como elas podem ter um desempenho diferente, dependendo das condições do mercado.

Para interpretar o resultado, é importante saber que a capitalização de mercado de 10 bilhões de dólares ou mais mostra uma companhia com grande cap. Geralmente, são organizações já consolidadas em seus segmentos de atuação.

Mais do que isso, é necessário saber que essas companhias nem sempre trazem retorno elevado no curto prazo. Por outro lado, podem formar patrimônio no longo prazo.

As chamadas mid-cap companies ficam entre 2 bilhões e 10 bilhões de dólares. Elas costumam atuar em setores com expectativa de crescimento rápido. É normal estarem em expansão, por isso, há um risco maior.

Quais são os tipos de ordens no mercado de ações?

quatro principais tipos de ordens no mercado americano. Saber como investir em ações depende desse conhecimento para evitar que você corra mais riscos do que o necessário. Entenda porque afirmamos isso conferindo abaixo as diferentes alternativas existentes.

Market order

A ordem a mercado executa imediatamente ao melhor preço disponível, sem garantir um preço especifico. O melhor preço segue o “National Best Bid and Offer” (NBBO) que nos Estados Unidos é o regulamento que impõe às corretoras a negociar o melhor “bid” e “ask” disponível no mercado para seus clientes, no momento da execução.

Limit order

A ordem limitada consiste em determinar o valor pelo qual o investidor pretende comprar ou vender o ativo. A execução estará sujeita ao valor do ativo no mercado ficar igual ou melhor do que o informado pelo investidor.

Stop order

A ordem de stop consiste em colocar um gatilho no mercado para que quando o preço de uma ação atinja ou passe esse mecanismo, seja acionado e uma ordem seja enviada a mercado.

Quais cuidados tomar ao investir em ações?

Antes de começar a aplicar o seu dinheiro, é necessário se atentar à diversificação. Além disso, é necessário cuidado com a corretora escolhida. Apresentaremos uma delas ao longo deste post. De toda forma, é preciso estar atento aos seguintes critérios:

  • aceitação de não residentes nos Estados Unidos como clientes. Algumas corretoras colocam essa restrição, por isso, é importante verificar essa possibilidade;
  • registro da corretora em todas as instituições necessárias, ou seja, SEC, FINRA, SIPC nos Estados Unidos e também se está atuando de acordo com as diretrizes da CVM no Brasil. O SIPC é recomendado, porque é um nível de proteção extra, já que essa entidade assegura os investidores em caso de insolvência da corretora.

Além dessas duas precauções, vale a pena ter uma atenção extra com as exigências da Receita Federal brasileira. A Avenue proporciona a seus clientes relatórios para a declaração de imposto de renda, um manual auxiliar e vídeos tutoriais sobre o assunto.

Quais são os tipos de ações para investir?

Investir em ações nos Estados Unidos depende da identificação de todas as possibilidades. Entenda quais são elas e as suas características para tomar as decisões certas.

ETF

É o Exchange Traded Fund, ou seja, um fundo que pode ser baseado em um índice, um tema, um país ou um setor específico. Ele oferece ativos das mais diversas áreas da economia e até utiliza estratégias variadas, oferecendo diversificação. Alguns exemplos são o VOO, o SPY e o IVV, que seguem o S&P 500. ETFs podem se expor a:

  • ações;
  • commodities;
  • bonds;
  • moedas.

É uma opção que pode ser considerada por investidores individuais, pequenos investidores e iniciantes, já que tem facilidade de compra e venda.

REIT

É o Real Estate Investment Trust (REIT), que consiste em uma organização que opera, tem ou financia imóveis geradores de renda. Costuma reunir o capital de diferentes investidores. Assim, você recebe os ganhos sem precisar adquirir uma propriedade. No Brasil, o paralelo que se encontra são os FIIs – Fundos Imobiliários.

Esses ativos oferecem liquidez (se negociado publicamente), o que significa que existe a possibilidade de resgatar o dinheiro quando necessário — algo diferente quando comparado aos investimentos diretamente em imóveis.

Ações comuns

São ativos que representam cotas de uma companhia. Os investidores podem votar no quadro da diretoria e nas políticas da empresa. Têm uma tendência de retorno maior no longo prazo. No caso de liquidação, o direito ao recebimento é apenas depois dos chamados bond holders, shareholders preferenciais e credores. As ações comuns são destacadas no balanço da organização.

Ações fracionadas

Ao invés de comprar uma ação inteira de uma empresa, você pode comprar apenas uma parte desta ação. As ações fracionadas não são encontradas em todas as corretoras, mas no caso da Avenue, elas estão disponíveis. A vantagem é que você pode investir uma quantia mais baixa. Por isso, as ações fracionadas tendem a ser mais acessíveis. Isso contribui para começar a investir nos Estados Unidos e diversificar a sua carteira.

Qual o momento ideal para começar a investir em ações?

Com todas essas informações, você pode se perguntar se está na hora de começar a investir em ações nos Estados Unidos. A resposta é simples: não existe momento certo. Tudo depende do que você deseja, ou seja, dos seus objetivos, da vontade de formar e consolidar o seu patrimônio.

Dividendos

Eles constituem uma remuneração paga pela empresa aos seus acionistas. Eles são proporcionais ao total de ações do investidor e podem ocorrer de forma:

  • mensal;
  • trimestral;
  • semestral;
  • anual.

O que determina o repasse da quantia é a capacidade da companhia em honrar esse compromisso.

Nem todas as empresas pagam dividendos a seus acionistas. Cada corporação segue sua própria política sobre o tema. Já ETFs e REITs, pagam dividendos regularmente.

CONCLUSÃO

Avaliando todos esses fatores, você define qual é o melhor momento para investir em ações. Com isso, também deve verificar a sua condição financeira e o patrimônio já formado. De toda forma, é fundamental lembrar que o mercado americano é sólido e o maior do mundo, como apresentamos no início.

Por isso, tem perspectivas de crescimento contínuo e pode ser vista como mais sustentável do que qualquer outro mercado de ações, inclusive o brasileiro. Em situações de crise, portanto, tende a sofrer menos impactos e oscilações. Sem contar que a quantidade de companhias disponível é maior e muitas estão entre as maiores do mundo.

Por todos os motivos expostos neste artigo, vale a pena saber como investir em ações dos Estados Unidos. Agora só falta você usar esse conhecimento para fazer as suas aplicações financeiras e diversificar a sua carteira.

Achou interessante conhecer mais sobre o mercado de ações americano? Aproveite e compartilhe este texto nas suas redes sociais para encontrar outros investidores e dividir experiências com eles!

Posts relacionados

Deixe um comentário