Entenda como funciona a NASDAQ

6 minutos para ler

Investir no exterior pode ser uma decisão acertada para quem deseja diversificar a carteira e aumentar o potencial de retorno. De todas as bolsas de valores do mundo, uma das principais é a NASDAQ.

Situada em Nova York, ela é a segunda maior do planeta — apenas perde para a New York Stock Exchange (NYSE). Ainda assim, atrai algumas das maiores empresas de primeira linha do mundo e negocia bilhões de dólares todos os dias durante seu pregão devido às ações de tecnologia e outras ações orientadas ao crescimento.

Neste post, vamos explicar melhor o que é e como funciona a NASDAQ. Confira!

O que é a NASDAQ?

A National Association of Securities Dealers Automated Quotations é a bolsa de valores mais recente criada em Nova York. Ela foi fundada em 1971 e revolucionou o mercado financeiro ao não ter um espaço físico e fazer suas operações apenas de forma eletrônica. Por isso, geralmente está relacionada à tecnologia desde sua implantação.

Na época, o chamado pregão eletrônico ocorria apenas por telefone. Hoje, esse equipamento foi substituído pelos home brokers, que permitem a qualquer investidor negociar na NASDAQ, ainda que esteja a muitos quilômetros de distância e até em outro continente.

Uma das principais características da NASDAQ é ser mais voltada para o setor de tecnologia. Com isso, algumas das principais empresas do mundo que atuam nos segmentos de eletrônica, informática, biotecnologia e telecomunicações negociam suas ações nessa bolsa.

Ainda assim, é possível encontrar companhias mais tradicionais da indústria e do varejo em seu portfólio de ações. Além disso, seus principais indicadores são:

  • NASDAQ 100: é composto por diferentes variáveis, inclusive o valuation das companhias. Ele é válido apenas para empresas que não são do setor financeiro nem estão em recuperação judicial e, ainda, têm uma média de negociação diária acima de 200 mil ações;
  • NASDAQ Composite: é o principal índice, porque avalia o valor das organizações listadas na bolsa. É considerado um sinalizador da performance do setor de tecnologia, devido ao peso dessas empresas.

Quais empresas negociam suas ações na NASDAQ?

Várias companhias são listadas nessa bolsa de valores. Entre as principais, estão as 30 que listamos a seguir:

  • Microsoft;
  • Apple;
  • Amazon;
  • Alphabet;
  • Facebook;
  • Intel;
  • Cisco Systems;
  • Comcast;
  • PepsiCo;
  • Adobe;
  • Nvidia;
  • Netflix;
  • PayPal;
  • Costco;
  • Amgen;
  • Broadcom Inc.;
  • Texas Instruments;
  • Charter Communications;
  • Starbucks;
  • Qualcomm;
  • Gilead Sciences;
  • Mondelez International;
  • Fiserv;
  • Booking Holdings;
  • Intuit;
  • ADP;
  • CME Group;
  • T-Mobile US;
  • Intuitive Surgical;
  • Micron Technology.

Ainda, existem algumas empresas brasileiras que negociam nessa bolsa. Entre elas estão Afya Educacional, Stone, PagSeguro e Arco Educação. A XP decidiu listar na NASDAQ em 2019 e já comercializa seus ativos desde dezembro desse ano.

Qual a importância da NASDAQ para a economia mundial?

Por ser uma bolsa de valores eletrônica, ela já foi criada como forma revolucionária. Logo, a negociação de ações de diversas empresas de tecnologia faz a NASDAQ ter uma grande relevância para toda a sociedade.

A partir de seu pregão, as cotações das companhias aumentaram, o que significa que houve um crescimento do valuation. Assim, ficou mais fácil para essas empresas captarem recursos no mercado e desenvolverem projetos, especialmente os tecnológicos, os quais mudaram a nossa rotina.

Alguns exemplos são o crescimento do Google, as iniciativas da Microsoft e as diferentes versões de dispositivos da Apple. No campo econômico, a bolsa de valores se destaca por ser um termômetro para os mercados, principalmente o tecnológico.

Como essa bolsa de valores funciona?

Desde sua criação, a NASDAQ tem um pregão eletrônico. Para viabilizar as operações, a negociação dos ativos ocorre por um sistema diferente. Em vez de transações entre investidores, como na NYSE ou na B3, existe o dealer’s market, que é colocado em prática a partir de sistemas online.

Nesse ambiente, os investidores compram e vendem os ativos pelo intermédio de um negociador. O pregão começa às 10h30min e vai até as 17h, pelo horário de Brasília. Antes e depois desse horário também podem ser feitas transações. Como apresentamos antes, seus principais indicadores são o NASDAQ Composite e o NASDAQ 100.

Como investir?

Para um brasileiro investir na NASDAQ, é preciso ter acesso a uma corretora de valores americana. A Avenue fornece acesso simples e em português, além de ter câmbio integrado.

A Avenue é uma corretora registrada na SEC e membro da FINRA e SIPC, que protege os clientes de valores mobiliários de seus membros em até US $ 500.000 (incluindo US $ 250.000 em pedidos de dinheiro). Brochura explicativa disponível mediante solicitação ou em www.sipc.org.

Alguns destaques são a equipe de especialistas e a possibilidade de compra de ações fracionadas, sem valor mínimo para investir. Assim, você investe no mercado americano sem custos para a abertura de conta na corretora de valores e pagando apenas 2 dólares pelo formulário W-8 Ben, exigido pelas entidades financeiras dos Estados Unidos.

Por que pode valer a pena investir na NASDAQ?

Segundo dados a NASDAQ tem um volume de negociação diário de 1,8 bilhão de operações — acima do total da NYSE, que é de 1,46 bilhão. O fato de ficar em segundo lugar se deve ao market cap, que é de 11 trilhões de dólares, aproximadamente.

Ao investir na NASDAQ, você tem acesso a um mercado volátil, mas com histórico de alta.

Lembre-se de que o preço de uma ação pode cair tão facilmente quanto pode subir. Investir em ações não oferece garantia de que você ganhará dinheiro, e muitos investidores perdem dinheiro.

Sem contar que há cerca de 3.300 companhias listadas e que negociam suas ações nessa bolsa de valores. Isso é praticamente 20% a mais do que a NYSE oferece.

Além de todos esses dados, realizar uma aplicação financeira na NASDAQ pode ser uma maneira de diversificar sua carteira. Como resultado, essa pode ser a oportunidade para diminuir os riscos — existentes em qualquer operação — e aumentar o potencial de ganhos.

Lembre-se de que, embora a diversificação possa ajudar a distribuir riscos, ela não garante lucro nem protege contra perdas.

Ainda é importante considerar a relação entre dólar e inflação. Com a desvalorização histórica do real perante a moeda americana em 2020, pode haver oportunidades para investidores que atuam na bolsa de valores americana, especialmente nos setores estratégicos de exportação.

Assim, a NASDAQ tende a ser uma oportunidade interessante que tem potencial para fazer seu patrimônio render e se consolidar no exterior.

Achou interessante conhecer mais sobre a NASDAQ? Tem alguma dúvida sobre como investir nessa bolsa de valores? Fique à vontade para deixar seu comentário!

Posts relacionados

Deixe um comentário